Home / Geral / High Key Versus Low Key
high key vs low key

High Key Versus Low Key

Uma das técnicas de fotografia mais apreciada pelo público em geral é aquela que manipula a iluminação da imagem.

Sendo que essa manipulação pode ser feita tanto para desenvolver uma fotografia bastante clara e com muita luminosidade como para obter uma fotografia escura, onde apenas são visíveis os pontos mais importantes.

[content-index]

Diferença Entre High Key e Low Key

As duas formas de manipular a iluminação acima mencionadas são chamadas de High Key e Low Key.

O High Key refere-se à técnica de fotografar algo ou alguém com muita luminosidade. Mas atenção que este tipo de técnica não está relacionado com o “erro” de fotografar com luz em excesso. É algo conseguido de forma controlada e com a intenção de focar pontos especiais na fotografia.

Assim, os contornos, texturas e pormenores são mantidos e focados, mas o que se encontra ao redor do foco da fotografia ficará branco ou extremamente claro.

Pelo contrário, Low Key diz respeito a fotografias com o mínimo de luz possível. Novamente, não se trata de um erro de fotografar sem luz suficiente, mas sim de proporcionar uma situação em que se consiga uma obter uma imagem onde apenas se encontra iluminado o objecto em foco.

Ou, numa situação mais extrema, poderão ser apenas visíveis os contornos do mesmo.

Quando Usar Cada Uma das Técnicas

Como todas as fotografias, aquelas que forem obtidas quer usando a técnica High Key como a Low Key irão transmitir determinado sentimento para quem as irá visualizar depois. Tal como uma pintura, o objectivo da imagem é também transmitir um sentimento, um estado de espírito.

As fotografias que possuem tons mais claros, como é o caso das High Key, são muito mais alegres, transmitem-nos uma sensação de leveza quando somos confrontados com elas. Podem ser usadas para criar um clima romântico ou, por exemplo, para salientar a beleza e simplicidade de um bebé.

De forma contrária, quando os tons escuros, especialmente o preto, predominam numa fotografia elas tendem a transmitir sentimentos mais “pesados” e até pessimistas. Normalmente são usadas quando a situação exige um certo dramatismo ou pesar. É uma das melhores técnicas de fotografia quando queremos transmitir uma mensagem de tristeza ou quando queremos levar quem as observa a reflectir sobre algo.

Como Atingir Um Resultado Perfeito

Apesar de ser possível conseguir fazer algumas melhorias a nível da edição, através do uso de programas próprios para o efeito, para conseguir verdadeiras fotografias High Key ou Low Key é necessário seguir determinados procedimentos logo na altura da captação da imagem. Vejamos então o que poderá fazer para dominar totalmente a técnica.

Para conseguir fotografias “claras”, ou seja, High Key, o primeiro passo é usar um fundo claro para a fotografia, de preferência em branco. Deve ser usada muita luz (sem ser de forma exagerada) recorrendo ao flash, luzes colocadas estrategicamente ou à luz natural. Outro ponto importante é evitar as sombras ou, pelo menos, aquelas que são mais “carregadas”. Mas é imprescindível que não se percam os detalhes da fotografia e que seja focado algum ponto em particular.

Por outro lado, quando o seu objectivo é fazer uma foto em Low Key, deverá usar um fundo o mais escuro possível (preferencialmente preto). A luz deve ser usada apenas em quantidade suficiente para que os pontos em destaque sejam notados através das sombras e dos reflexos de luz.

Tanto uma técnica como a outra podem ser desenvolvidas em fotografias a cores ou a preto e branco. Outra hipótese é deixar apenas alguns pormenores a cor (por exemplo, os olhos).

Quando dominadas, estas são das técnicas mais “fortes” a nível daquilo que se pode fazer com recurso à luz e à sombra, podendo produzir fotografias extraordinárias.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*